Áreas de intervenção

Locais – Consulta de desenvolvimento

APOIO PSICOLÓGICO

O apoio psicológico caracterizase por uma intervenção psicoterapêutica dirigida à e, quando necessário, aos seus pais.
No acompanhamento dirigido à criança são utilizadas várias técnicas psicológicas de suporte e de apoio, cujos principais objectivos se prendem com a alteração de comportamentos, privilegiando o psicoafectivo.
Nesta intervenção é privilegiada a execução de desenhos, e a construção de situações de jogo com brinquedos.
No apoio psicoterapêutico dirigido aos pais é criado um espaço de apoio e de troca de impress��es, onde se conversa sobre possíveis ansiedades, progressos registados e mudanças relativamente ao comportamento da criança.

REEDUCAÇÃO E TERAPIA PSICOMOTORA

Através deste tipo de intervenção, baseada em essencialmente lúdicas e expressivas, pretendese realizar uma reeducação nos domínios comportamental, e , procurando reduzir a frequência dos comportamentos inadequados que estas exibem e aumentar a frequência de comportamentos desejados.

APOIO PSICOPEDAGÓGICO

Nesta área de intervenção, pretendese criar um espaço de apoio global às crianças com dificuldades na aprendizagem, défice de atenção e outros.
Após a avaliação da criança, o a desenvolver, tem como ponto de partida o nível de desenvolvimento cognitivo em que a criança se encontra.
São utilizadas actividades lúdicas e pedagógicas, significativas para a criança, com o intuito de proporcionar um apoio psicopedagógico completo e eficaz.
A partir das necessidades específicas de cada criança, �� elaborado um plano de intervenção que contempla várias competências a desenvolver:

  • Competências Escolares: intervenção ao nível dos conhecimentos esperados para o nível de ensino em que a criança se encontra, capacidade de organização e concentração nas actividades, entre outros, de modo a que a criança obtenha resultados escolares mais satisfatórios e um melhor relacionamento com o meio escolar.
  • Competências Pessoais e Sociais: gestão das emoções, resistência à frustração, e gestão de conflitos, com o objectivo de que estas crianças experimentem relações sociais mais satisfatórias e consequentemente, aumento de autoestima, entre outros.

Paralelamente a esta intervenção, há uma estreita ligação com o meio escolar em que criança está inserida, no sentido de prestar um apoio eficaz aos professores que a rodeiam, bem como, com o meio e toda a equipa técnica.

REUNIÕES DE PAIS

Uma vez que os pais destas crianças se sentem muitas vezes exaustos e desamparados, a APDCH organiza periodicamente grupos de discussão onde, em conjunto, se procura debater e partilhar experiências.

ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO A PROFESSORES

A Associa��ão desenvolve Acções de para Professores e Agentes Educativos, visando fornecer informaç��o, disponibilizar estratégias para lidar com alunos com PHDA, ferramentas e recursos, de modo a que estes possam adaptar o contexto educativo às necessidades específicas destas crianças, inserindos no grupo turma.